Atestado de Saúde

  • Seja qual for a via de trânsito escolhida para a nossa viagem, a apresentação de documentação é obrigatória. Os registros e autorizações exigidos pelas autoridades e concedidos pelo Ministério da Agricultura são regidos por leis, decretos, instruções normativas e portarias. O primeiro deles é o Decreto nº 5.741 de 30 de março de 2006, que prevê a fiscalização do trânsito de animais.
  • A primeira documentação a ser providenciada –seja qual for o nosso destino – deve ser a carteira de Vacinação devidamente regularizada (com todas as minhas vacinas em dia) e assinada pelo meu Veterinário. Dê especial atenção à vacinação antirrábica pois ela é indispensável para viagens de qualquer esfera (nacional ou internacional). A vacina é exigida para animais acima de 90 dias de idade, deverá ter sido aplicada pelo menos 30 dias antes da data da viagem, no caso da primeira dose, e é válida por um ano.  A vacina antirrábica aplicada em campanhas municipais ou estadual, normalmente,  não gera um certificado de vacinação com todas as informações requeridas (nome comercial da vacina, número do lote, assinatura do médico veterinário e data de Aplicação) e, nesse caso, não seria aceito para embasar o trânsito internacional de cães e gatos.
  • Assegurando-se de que a minha carteira de Vacinação está atualizada, veja quais outras documentações necessitaremos. Isso pode variar de acordo com o meio de transporte que utilizaremos ou se a nossa viagem será dentro ou fora do nosso país de origem.
  • Se o destino da nossa aventura for alguma cidade do Brasil, segundo a Instrução Normativa nº 18, de 18 de Julho de 2006, estabelecida pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, os cães e gatos, não sendo consideradas espécies de peculiar interesse do estado, ficam dispensados da exigência da GTA (Guia de Trânsito Animal);
  • Ficamos obrigados, porém, a apresentar um “Atestado de Saúde” ou “Certificado Sanitário” emitido por um médico veterinário devidamente registrado no CRMV-UF (Conselho Regional de Medicina Veterinária da Unidade Federativa do nosso estado) e cadastrado no Ministério da Agricultura para emissão de atestado de saúde de cães e gatos. Sim, pode ser o meu vet preferido, desde que esteja devidamente legalizado, claro.  Esse atestado será feito mediante um exame clínico que ateste que eu me encontro clinicamente saudável, sem evidências de parasitose e que estou apto para pegar a estrada. Além disso, o atestado deve conter, no mínimo, as seguintes informações:

I – identificação do proprietário: nome, CPF ou CNPJ e endereço completo;

II – nome, espécie, raça, sexo;

III – apresentação da resenha para equídeos e pelagem para as demais espécies;

IV – idade real ou presumida;

V – informação sobre o estado de saúde do animal;

VI – declaração de que foram atendidas as medidas sanitárias definidas pelo serviço veterinário oficial e pelos órgãos de saúde pública;

VII – informações sobre imunizações;

VIII – identificação do médico veterinário: carimbo (legível) com o nome completo, número de inscrição no CRMV e assinatura;

IX – data e o local. Destaque para a comprovação de imunização antirrábica.

  • O atestado de Saúde deve ser emitido pelo veterinário até no máximo 10 (dez) dias antes da nossa viagem.
  • Para demais espécies de animaizinhos de companhia, como aves, coelhos, furões ou iguanas, a exigência da GTA é mantida e deve ser obtida na sede da Secretaria de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento (Seappas) dos Estados ou municípios. No caso de espécies silvestres, é necessária autorização do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Renováveis (Ibama).

http://www.turismo4patas.com.br/htms/manualpet.asp?id_manual=38

Piometra em cadelas

A Piometra é uma infecção bateriana que acontece no endométrio (tecido que reveste as paredes internas do útero). Como as cadelas castradas tem seu útero removido, elas não correm o risco de ter Piometra.
 
Para evitar a melhor forma é a prevenção. Devido ao fato da piometra estar relacionada com a atividade reprodutiva da fêmea, a maneira mais eficaz de prevenir é fazer a castração da cadela assim que ela atingir a idade adequada (por volta dos 6 meses de idade). Além disso, é fundamental evitar o uso de contraceptivos injetáveis, pois eles podem piorar a situação.


3 erros cometidos na hora de ensinar o cachorro a fazer xixi e cocô no lugar certo

Erro 1 – não saber escolher o lugar certo

Os cães são animais higiênicos e não vão fazer xixi e cocô perto de onde dormem e comem. Sempre coloque o local do xixi o mais afastado possível da comida, da água e da caminha. 

Erro 2 – deixar o cachorro solto pela casa quando filhote

Reserve um local onde seu cachorro permanecerá. Evite quintais e varandas, pois seu cachorro não deve ficar o tempo todo do lado de fora.
 
Neste local, coloque a caminha e o potinho de água em um canto. E o mais longe possível você coloca o tapetinho higiênico. O ideal é que no início você cubra tudo com tapete higiênico.

Erro 3 – dar bronca quando faz no lugar errado

Brigar com seu cachorro quando ele faz xixi vai fazer com que ele tenha medo de fazer xixi na sua frente, pois pra ele, fazer xixi é errado.

Dê atenção e brinque com ele neste local. Se ele for adulto, um bom passeio de manhã e a noite vai descarregar bastante as energias dele.
 
Boa sorte!

Fonte: 3 erros que todo dono comete na hora de ensinar o cachorro a fazer xixi e cocô no lugar certo | Tudo Sobre Cachorroshttps://tudosobrecachorros.com.br/3-erros-que-todo-dono-comete-na-hora-de-ensinar-o-cachorro-a-fazer-xixi-e-coco-no-lugar-certo/#ixzz62iGXnGx4
Follow us:
 tudosobrecachorros on Facebook

Causas de ronco do seu Pet!

Essas são as possíveis causas do ronco do seu cão:

  • Obesidade – O excesso de peso pode atrapalhar a respiração do cachorro e, consequentemente, fazer com que ele ronque. E esse é apenas um dos problemas de saúde que seu pet pode ter por causa da obesidade;
  • Alergia – Pólen, poeira, poluição e fumaça de cigarro podem causar alergia nos cães. As secreções causadas pela alergia obstruem as narinas e atrapalham a respiração;
  • Gripe ou resfriado – Se seu cachorro estiver gripado o resfriado, ele irá roncar até que suas vias respiratórias fiquem livres das secreções.
  • Focinho achatado – Algumas raças têm predisposição a roncar por causa do focinho achatado. Pequinês, Pug, Boston Terrier e Buldogue Francês têm uma certa dificuldade para respirar.

Gengivite em cães, mal hálito

O que é doença periodontal em cães, ou doença periodontal canina?

A origem da palavra Periodontal vem de duas palavras gregas que significam ao redor do dente.. A doença periodontal se dá, devido a uma série de modificações que estão associadas com a inflamação e perda das estruturas profundas de suporte dos dentes (periodonto).

A presença de placa bacteriana é a causa principal deste problema e é fundamental que o tratamento se inicie rapidamente. Se o tratamento não for iniciado com rapidez tenha certeza de que a doença periodontal não irá regredir. Em alguns casos, a doença periodontal  pode apresentar dores mais agudas, que podem ser observadas de forma clara pelos proprietários, no entanto, existem momentos em que não é possível observar sintomas, mas isso não significa que seu cachorro não apresenta adoença periodontal.

A gengivite canina é a inflamação da gengiva e como já falamos, é extremamente comum em cães. Sem uma dieta adequada e um bom atendimento odontológico, partículas de alimentos se acumulam nas fendas entre os dentes e as gengivas de seu cachorro, e a população bacteriana que vive naturalmente em sua boca começa a proliferar.

A doença periodontal pode ser causada por uma variedade de fatores. Em cães, as causas mais comuns são as bactérias Streptococcus. A má nutrição, também pode contribuir para o surgimento da gengivite.

Um sinal característico da gengivite em seu cachorro é o mau hálito. A halitose em cães de certo modo é aceita como algo natural. Mas não deveria ser!

Principais motivos para o seu Pet frequentar centro de estética Master no inverno:

🐶🐱 O Pet precisa ser higienizado, para que se mantenha limpo e cheiroso. Só que o banho em casa, se torna um grande desafio, principalmente na secagem do pelo. Em casa, diferente do Pet Shop, os secadores não possuem a potência para uma secagem rápida e completa!

❤ No *Master Centro Veterinário* possuímos profissionais habilitados e toda a estrutura necessária para oferecer um serviço de qualidade, mantendo o conforto dos Pets, mesmos nos dias frios!

➡Agende o horário do seu Pet!

Quem ama cuida!

📞 3042-4141

WhatsApp 99808-4141

💻 www.mastercentroveterinario.com

📍 QND 11 lote 40 Taguatinga Norte- Próximo do Taguá Park!

🚕🐶 Serviço Táxi Pet! 🚖

A Master Centro Veterinário conta com diversos serviços e um atendimento personalizado na Medicina Veterinária. Nosso tratamento é humanizados e diferenciado, tanto para os pacientes quanto para os seus donos.

Instagram


This error message is only visible to WordPress admins
This endpoint has been retired

Error: No posts found.

Make sure this account has posts available on instagram.com.

Click here to troubleshoot